A generic square placeholder image with rounded corners in a figure.


Relacionamentos midiáticos e a fama na relação


Por: Fabi Torres
Data: 06/11/2023
  • Compartilhar:

A exposição corrói os relacionamentos?

É nítido que os relacionamentos em pleno século XXI tem sido cada vez mais difíceis e cheios de turbulências, afinal vivemos em uma era de constante mudança e junto dela nós estamos mudando a todo momento, é claro que nenhum relacionamento é fácil, ter consciência disso é importante mas romantizar relações hoje em dia é 'furada', uma hora ou outra a verdade sobre o casal(is) perfeito(os) vem a tona e isso, querendo ou não, tem nos assustado cada vez mais. A verdade é que a gente tem se acostumado a ver todos felizes e satisfeitos com tudo, porém o que se vive e se passa dentro de um relacionamento vai muito além de selfies e fotos no feed, aquela máxima que fala "a grama do vizinho é mais verde" cai por terra quando se trata de relações humanas, porque cada um só pode julgar e estimar a sua própria relação, o que cada um passa e vive é único para cada casal e, infelizmente, as redes sociais so vêm aumentando as opiniões alheias sobre o namoro ou casamento do outro, afim de que o fato de se postar muito ou postar pouco fosse parâmetro para medir o quanto se é feliz naquela relacionamento, sem contar as invejas alheias de se estar publicamente transmitindo amor em uma foto, afinal é tão "raro".

O fato é que nós seres humanos precisamos sempre estar observando algo e comparando, para se ver se algo falta ou sobra em nós mesmos e em nossos relacionamentos, e em mundo de redes sociais isso é praticamente involuntário, os casais se separam e se reconstroem rapidamente e nós espectadores da vida alheia ficamos perdidos e sem entender o por quê, afinal eles pareciam tão felizes nas fotos, que mal tem neles? Foi traição? Foi por causa dos filhos? Com certeza foi ciúme por causa do parceiro de trabalho… e outras milhões de suposições que fazemos, porque não sabemos apenas aceitar os fatos de que somos constantes hipóteses e nossos relacionamentos estão sujeitos a términos e recomeços, quem sabe inícios mais felizes do que esses…

As redes sociais tem consumido os que se expõe muito mais do que os que consomem esse tipo de conteúdo, os "haters" e fãs brigam para saber quem vai ser notado primeiro pelo casal. Quantas fotos são necessárias para se julgar um relacionamento de anos, construído por duas pessoas, que agora tem milhões de pessoas participando e imaginando quando vai ser o próximo post para poder bater palma ou vaiar o amor alheio?

 Não sou contra a exposição ou a falta dela, o que quero dizer com essas palavras é que o amor não pode ser medido por fotos e vídeos, posts em rede social ou a falta deles, o que um casal vive em uma relação é deles, só diz respeito a eles, nenhum espectador tem o direito de julgar o que se tem ou nao tem, o certo ou errado.

Os relacionamentos midiaticos tem nos mostrado que as pessoas precisam de mais tempo para viver e menos tempo para se postar, porque é muito bonito tirar uma foto a dois, mas o quanto dessa foto é ângulo e o quanto é naturalidade, cumplicidade, parceria e é claro Amor, tomara que todas as fotos sejam Amor!

Se for pra terminar, que seja pra terminar com esses julgamentos e burburinhos desnecessários que ninguém merece. Porque o que mais deveria ser comentado em tempos de relacionamentos midiáticos é que o amor tem sido o protagonista de nossas redes e não o contrário.

Para descobrir mais sobre relacionamentos assista ao filme A Garota No Trem e tire suas próprias conclusões.

Tudo parece ser feliz e calmo quando se está de fora dos problemas pessoais de cada casal.

Fabi Torres


Anuncie com Jornal Noroeste
A caption for the above image.


Veja Também


smartphone

Acesse o melhor conteúdo jornalístico da região através do seu dispositivos, tablets, celulares e televisores.