A generic square placeholder image with rounded corners in a figure.


A moda é, também, uma expressão social


Por: Fabi Torres
Data: 21/11/2022
  • Compartilhar:

  

Hoje em dia, como você se veste diz muito sobre você ou sobre a sua personalidade.

 Mas, o fato é que a moda sempre foi um ato de expressão social, seja ela para seguir as regras ou quebrá-las.

 Porém, por que em um mundo tão atual como o nosso, a vestimenta diz tanto sobre as pessoas? Por que então a gente julga tanto pela capa?

 Tudo isso, tem muita ligação com a MODA e como nós somos dependentes dessa indústria têxtil, e eles fazem questão de demonstrar esse poder que eles têm sobre nós, porque a cada dia a gente se deixa levar pela moda que nos molda conforme a sua nova remeça de roupas, acessórios, sapatos, bolsas, etc.

 Se ela é um ato de expressão, deveríamos aceitar todas as formas de vestir, sem discriminá-las, mas não é bem isso que acontece, porque na primeira oportunidade a gente julga sem realmente saber o por quê de tais pessoas se vestirem assim ou estarem daquele jeito.

O fato de sermos julgados pela aparência, recai muito sobre como a sociedade vê as pessoas (principalmente negros), como o fato de estar bem vestido é importante para um bom tratamento, mas no caso dos negros, isso não conta, porque a única roupa que eles vestem todos os dias querendo ou não é a pele negra deles, que é usada por muitos como fator de erro ou acerto, como se o fato de ser negro e estar com uma roupa considerada "simples"  fosse sinônimo de bandidagem ou de pobreza, mas se esse negro estiver em um terno bem cortado e passado, onde este saia de um carro novo e chique, ai sim ele tem relevância. Então, a moda diz SIM muito sobre como nós vemos o mundo e como ele vê a gente.

 E isso é muito ruim, porque um velho ditado diz "não julgue um livro pela capa, porque se você quiser saber mais sobre ele, tem que virar as páginas", ou seja, a roupa não é fator para favorecimento de algo ou desfavorecimento, a roupa pode sim ser expressão de algo, mas NUNCA pode ser taxada como a expressão do nosso CARÁTER, porque este só se conhece virando as páginas…

 E para nós mulheres, a roupa não pode ser curta, longa, recortada, acinturada, brilhante… porque somos julgadas, mas de qualquer forma somos julgadas, então que nos vistamos da forma que quisermos e nos sentirmos melhor, porque a moda é nossa e nossa moda NUNCA será convite para ninguém. Nossa roupa não é convite! Nunca será.

A moda quem faz não é a indústria têxtil

A moda quem faz é você!

Lembre-se que: toda tendência de moda, um dia já foi motivo de piada para alguém, então vamos rir todos os dias, porque a minha moda não é melhor que a sua, ela é única e, especialmente, ato de resistência.

Afinal, o que "tá na moda" é resistir…

Aos padrões, aos preconceitos, às risadas, à vontade de desistir…

 O que tá na moda é SER VOCÊ!

Fabi Torres


Anuncie com Jornal Noroeste
A caption for the above image.


Veja Também


smartphone

Acesse o melhor conteúdo jornalístico da região através do seu dispositivos, tablets, celulares e televisores.